Certamente você teve um bom trabalho para deixar o seu site pronto ou pagou para que algum profissional da área. Mas depois, com ele pronto, como divulgar o site?

Antes de vermos o como vamos verificar se ele está pronto para.

O que analisar antes de aprender como divulgar meu site

Análise de usabilidade e design

Primeiro verifique o design dele, se está com um design moderno e com uma boa usabilidade, ou seja, se o usuário acha facilmente as informações nele, já é um grande avanço perante a maioria dos sites na internet.

Velocidade

O segundo ponto de atenção é, o seu site carrega de maneira rápida ou lenta? Caso seja de forma lenta, é bom entrar em contato com uma empresa especializada em sites para saber como você pode melhorar isso, nós da Site do Zero, oferecemos essa consultoria gratuita, basta clicar aqui, lembro que neste caso, a hospedagem influencia e muito!

apresentação

Consideramos apresentação aquilo que diz respeito do seu produto ou serviço. Por exemplo, se você usa o site para a divulgação do seus serviços de consultoria automotiva, deve abordar no site sobre a empresa, dizer quem são, tempo de mercado, experiência e etc. Algo que ajuda muito o cliente na hora de escolher serviço é saber como a empresa trabalha, ao colocar isso no site você economiza um tempo considerável do seu cliente o seu próprio.

No caso de e-commerce, verificar se os produtos estão cadastrados com as devidas fotos, descrições e preços. Se os meios de pagamento estão configurados de maneira correta, afinal não queremos que o cliente tenha uma experiência ruim no meio da sua compra.

Em ambos os casos, deve-se atentar em disponibilizar os contatos da empresa e o suporte para possíveis dúvidas ou eventuais problemas.

Importância de divulgar

O site, por mais que ele tenha sido construído com a melhor tecnologia disponível, que ele tenha uma boa usabilidade e velocidade, ele não gerará tráfego sozinho. E de nada adianta ter algo excelente se não é visto pelos possíveis clientes. Seria o mesmo que montar uma loja de rua com o melhor ambiente, cheiro e vendedores. De nada adiantaria se ela estivesse em uma rua que não passa ninguém.

Então, para o seu site lhe devolver o valor investido nele e muito mais, é importante que ele seja divulgado, para que as pessoas conheçam seu serviço/produto e o mais importante, para que a sua empresa seja vista! 

Uma das referências para gerir minha comunicação é a Dashmark. Eles disponibilizam conteúdo para melhorar a gestão da empresa como um todo, inclusive auxiliam enxergar melhor e separar a verba de divulgação.

como divulgar?

A divulgação é a grande chave do sucesso de um negócio, pois é através dela que a empresa e o produto ou serviço ficam conhecidos e assim, tem mais chances de ser vendido.

Na internet, temos algumas maneiras de divulgar os sites, entre elas estão as duas principais que são: através do tráfego orgânico e pelo tráfego pago.

Tráfego orgânico

Pensamos como funciona o mundo da internet e o comportamento dos usuários que, quando querem ou precisam de algo, buscam através do Google a resposta para sua dúvida e é ai que aparecem diversos produtos ou sites de serviços relacionados ao que você pesquisou…

O tráfego orgânico é resumido basicamente em produzir conteúdos que sanem as dúvidas do seu cliente ideal (persona), e que sejam praticadas boas práticas de SEO (palavras-chave, links internos e externos, nomeação das imagens) nas páginas do seu site e em seus posts de blog.

O conteúdo produzido pode também ser disseminado através das redes sociais, o que pode lhe dar um bom impulso de tráfego no início do seu site.

Como produzir conteúdo?

O primeiro passo para a produção de um bom conteúdo é a definição da sua persona. Persona, é o perfil do cliente ideal para quem você deseja vender. Por exemplo: João, 40 anos, gerente senior de marketing de uma marca de roupas.

Essa é a definição simples para uma persona, para montar a sua através de um passo à passo, clique aqui.

Depois de definido a sua persona e o seu segmento alvo, é hora de pensar nos problemas que ela tem e criar conteúdos solucionando estes problemas. Claro que, desde que sejam relacionados à solução que você vende. Por exemplo, nós desenvolvemos sites e então ensinamos e instruímos, através de posts como este, as pessoas a melhorarem e terem resultados com seus sites.

Tráfego Pago

O tráfego pago, como o próprio nome diz, são aqueles que você paga para a plataforma onde deseja anunciar (Google ou Facebook). Ao efetuar o pagamento de R$100,00 por exemplo, você terá este “crédito” na plataforma para fazer seu anúncio e escolher como será descontado o valor da sua conta, pelas impressões ou pelos cliques. Impressões reference ao número de vezes que o seu anúncio é exibido, apenas. Pelos cliques, cada vez que alguém se interessar pelo seu anúncio, e ele receber um clique, será descontado um valor X do seu investimento.

No Facebook, você pode promover a página da empresa ou então impulsionar uma postagem na rede social que redirecione o usuário para o seu site. Através dela é possível segmentar por:

  • idade;
  • sexo;
  • região;
  • interesse;
  • idioma;
  • entre outros.

O anúncio do Google é feito através do Google Ads, e além destas mesmas segmentações do Facebook, possuem os demais atributos:

Escolher entre rede de pesquisa e rede de display

Rede de pesquisa são os anúncios que aparecem em uma busca do Google que tenham a palavra-chave configurada de acordo com aquela busca.

Rede de display são os anúncios que aparecem em sites que possuem grande tráfego e disponibilizam espaços para este tipo de anúncio (G1, Estadão). Claro que é configurado para que seus anúncios apareçam em posts relacionados ao seu segmento.

Palavras-chave

Se engana quem pensa que por estar pagando para anunciar não terá nenhum trabalho. Caso você queira que a sua campanha seja um sucesso e lhe traga de volta o investimento, deverá se empenhar ao escolher as palavras-chave que vinculará em seu anúncio.

Você deve escolher palavras-chave que tenham vínculo com seu negócio ou produto e que ao mesmo tempo tenham um bom volume de buscas. Fique tranquilo, no dashboard do Google Ads você conseguirá ver o volume de buscas pela palavra-chave para vincular as melhores ao seu negócio, lembrando que cada palavra-chave tem um custo diferente. O custo das palavras se dá pelo número de buscas x número de anúncios com esta palavra.

Toques finais

Por último, configure seu anúncio de maneira clara e objetiva como o seu anúncio será exibido através das pesquisas no Google, tanto pelo computador, quanto pelo celular. Não se esqueça do celular, ele carrega consigo um público de muita relevância.

Acompanhe a sua campanha, verifique se o Google está consumindo muitos créditos ou se há palavras-chave melhores para vincular ao seu anúncio. Caso não esteja dando retorno e as palavras-chave estiverem com um bom volume e você estiver pagando um bom preço por elas, experimente vincular seu anúncio em um outro horário específico.

 

Ambos as formas de tráfego funcionam, desde que aplicadas corretamente e com bastante estudo sobre palavras-chave, persona e comportamento do usuário. A diferença entre o tráfego pago e o orgânico, é que o pago lhe trará resultados mais rápidos.